Força Suprema e Edmázia, os Grandes Vencedores da Quinta Edição dos AMA


Os Angola Music Awards (AMA), o evento anual que dá a conhecer os melhores da música angolana, aconteceu neste fim-de-semana, no Pavilhão Multiusos da centralidade do Kilamba em Luanda, com cerca de mil pessoas na plateia. Edmázia e o grupo Força Suprema foram os destaques desta quinta edição do evento, com três prémios cada.
Edmásia obteve os prémios de Melhor Old Music, Melhor Artista Feminino e o de Melhor Kizomba do Ano. Aos Força Suprema coube os troféus de Melhor Hip-Hop, Melhor Grupo do ano e Música Mais Popular do Ano.
Destaque também para a cantora Ary, que foi agraciada com dois prémios, o de Melhor Artista em Palco e Melhor Música Tradicional,  enquanto as designações de Artista Revelação e Melhor Semba foram atribuídos ao músico Mago de Sousa, num evento em que Cef recebeu os prémios de Artista Masculino do Ano e a de Melhor Música  Moderna.
A quinta edição dos Angola Music Awards confirmou ainda como Melhor Productor, o músico Dji Tafinha, ao passo que a categoria de  Melhor Artista/Grupo Internet foi atribuída ao grupo TRX e Preto Show levou o prémio de Melhor Artista Digital Alta Fonte.
 CONFERE A LISTA DOS VENCEDORES DO ANGOLA MUSIC AWARDS 2017:
  • Melhor Álbum do Ano: Paulo Flores – Bolo De Aniversário
  • Melhor Artista Digital Altafonte: Preto Show
  • Melhor Artista Feminina: Edmázia Mayembe
  • Melhor Artista Internet: TRX Music
  • Melhor Artista Masculino: Cef
  • Melhor Artista ou Grupo Revelação: Mago de Sousa
  • Melhor Grupo do Ano: Força Suprema
  • Melhor Afro-house: O Trio – Pé No Ar
  • Melhor Artista em Palco: Ary
  • Melhor Colaboração: Puto Português – Fala Só (Feat. Lil Saint)
  • Melhor Gospel: Bambila – Dupla Honra
  • Melhor Kizomba: Edmázia Mayembe – Alma Nua
  • Melhor Kuduro: The Twins – Mão Na Cabeça
  • Melhor Música Moderna: Cef – Atrofiar
  • Melhor Música Tradicional: Ary – Papá Fugiu
  • Melhor Produtor: Dji Tafinha – Imperfeito
  • Melhor R&B e Soul: Anselmo Ralph – Casa Comigo
  • Melhor RAP/Hip Hop: Força Suprema – Serias Tu
  • Melhor Rock: Black Soul – Espaço Vazio
  • Melhor Semba: Mago de Sousa – Carolina
  • Melhor Vídeo: Bruna Tatiana – Não Há
  • Melhor World Music: Edmázia Mayembe – Alma Nua (Acústico)
  • Música Mais Popular do Ano: Força Suprema – Serias Tu
  • Prémio Carreira: Eduardo Paím
Fonte: Bantumen
Share on Google Plus

About Musika Nova

Se me conheces com base no meu passado, permita-me que eu me apresente novamente!