3 Dicas Para Escrever Música em Parceria

Como achar parceiros de composição e trabalhar bem com eles?

Escrever em parceria pode ser um óptimo jeito de aprimorar suas habilidades de compor música, criar novas ideias e entrar em áreas que antes pensava não ser capaz. E mais, aprender a tocar bem com outros é uma capacidade que lhe será útil para o resto da vida.
Neste post, daremos três dicas para você colaborar melhor com outros na hora de criar música.

1. Encontre pessoas com qualidades complementares

Uma coisa importante a se fazer antes de sair buscando um co-autor é quais são seus pontos fortes E seus pontos fracos. E você terá os dois.Uma vez que tiver feito isso, você estará pronto para sair à busca de um parceiro.
Por exemplo, talvez você seja um grande cantor, mas não escreve melodias bem. Se for o caso, vai querer encontrar alguém que é muito bom escritor de melodia.  Descubra tudo sobre composição, apresentação e gravação que puder pensar e decida, descubra no que você e seu parceiro são bons. Algumas ideias para começar podem ser composição de letra,  de melodia, canto, tocar violão, produção, arranjo e mixagem.
Quando você começar a encontrar pessoas que preenchem seus “vazios de talento”, enquanto você preenche o deles, você será capaz de criar boas canções.

2. Construa relacionamentos

Você não vai encontrar alguém que você vai gostar de escrever em parceria, chegar até essa pessoa e dizer “Você é demais! Vamos compor juntos!”
Pense nisso como se estivesse ficando com alguém. Você não chegaria numa mulher dizendo “Você é linda! Vamos nos casar!” Você quer namorar antes, desenvolver um relacionamento. Você também deve pensar em o que ELES vão ganhar com isso? Nem tudo é sobre você.
Então como você acha pessoas para construir esse relacionamento? Uma coisa que você pode fazer é ir para as redes sociais. Por exemplo, vá para as redes onde outros compositores também estariam, tipo o perfil da Euridse Jeque, do Kiinston Baby ou do Mr. Bow, e veja quem são seus seguidores. Grupos sobre composição na internet também seriam óptimos lugares. Você pode até encontrar outros compositores no “mundo real”, em shows pequenos (seus ou de algum outro artista).
De novo, você não vai chegar nessas pessoas dizendo “Oi, vamos trabalhar juntos!”, mas sim construir um relacionamento com eles para que você tenha os contactos de vários compositores em potencial com quem possa firmar uma parceria depois.

3. Seja cabeça-aberta

Quando você consegue construir relacionamentos e começa a trabalhar com outras pessoas e eles lançam ideias, não as derrube de imediato.  Primeiramente, você e seus parceiros não têm de ter medo de jogar na mesa TODA E QUALQUER ideia e DEPOIS editar essas ideias ou jogá-las fora. De primeira, você quer todas as suas ideias flutuando, como possibilidades em aberto. Não fique julgando as ideias que brotam. Considere todas elas como possibilidades e as edite depois.
Mas também não force as pessoas a gostarem de uma ideia sua, que você acha óptima mas ninguém concorda. Você quer ser cabeça-aberta e trabalhar bem em conjunto. Não se trata de só um de vocês, e sim da produção do grupo (ou da dupla). Deixe seu ego na porta.
É melhor também dividir o crédito de uma música meio a meio. Tentar descobrir quanto cada um colaborou para aquela música existir pode trazer desavenças para o grupo, que deveria funcionar como uma máquina bem azeitada. Se você acabar num grupo em que escreve 99% das músicas,  pode simplesmente dizer que não quer mais trabalhar com essa pessoa que só colabora com 1%.  Mas acho que isso não acontece muito na hora de compor, porque quando as ideias começam a surgir e ser jogadas para lá e para cá, todos trabalham.

Um último comentário

Se você está atrás de pessoas com qualidades que te complementem, fique com a cabeça-aberta e  você não terá dificuldades em escrever com outras pessoas. Parcerias são um óptimo jeito de melhorar sua composição e crescer na música. Você verá que ideias óptimas brotam de algumas mentes criativas juntas, então se divirta com isso!
Fonte: Anthony Ceseri
Share on Google Plus

About Musika Nova

Se me conheces com base no meu passado, permita-me que eu me apresente novamente!