ENTREVISTA EXCLUSIVA COM "GOMES JÚNIOR", FUNDADOR DO PORTAL "MÚSICA FRESCA"


Não se pode falar da promoção da música moçambicana sem que se fale dos blogs/sites. Ao mesmo tempo, é impensável falar de blogs e não dar-se referência ao "Música Fresca", sendo este um dos pioneiros em moçambique, quanto ao fornecimento de musicas para download grátis.

O "Musika Nova" conversou com o Fundador e C.E.O do blog/site "Música Fresca", onde procuramos entender como o mesmo funciona desde a sua criação. 


Seu nome é "Gomes Júnior", tem 28 Anos e é Moçambicano, natural de Lichinga, na Província de Niassa. No entanto, Gomes, reside actualmente em Maputo, é pai de uma Filha, mas não é casado.

Sua cor favorita é "Azul ciano". Ao decidir que perfume comprar, ele prefere "O Boticário - Zaad". Para se divertir ele escolhe "Assistir Filmes e Ler Livros". Quanto ao seu maior sonho na vida, ele refere: 

Ver o meu trabalho sendo valorizado mais do que já é!


Provavelmente você não sabia se quer uma das coisas supra-citadas com relação ao "Dono do Musica Fresca", por isso convidamos-te a ler abaixo, a entrevista que tivemos em exclusivo, com "O Boss" por de trás daquele que é, actualmente, um dos maiores portais de divulgação de conteúdo musical.



1. Se pudesses explicar a alguém sobre quem é o Gomes Júnior, o que lhe dirias?

R/. Gomes Junior, é um jovem visionário, criativo e inovador.

2. Como é que surge o Portal Musica Fresca?

R/. Musica Fresca, surgiu pela minha paixão por musica, numa altura em que eu me encontrava no dilema da escolha do tema do trabalho final do curso, na faculdade, ai juntei a minha paixão pela musica e a necessidade de fazer o trabalho.

3. Durante este tempo que tens o portal aberto, já pensaste em desistir? 

R/. Sim, já.

4. Quantos colaboradores tens, quem são e o que têm feito?

R/. Tenho 5 colaboradores. a Ana Elisa (Gestora de Redes Sociais e email) , Luis Nhantumbo (Gestor de Marketing), Eleuterio da Costa (Gestor de Conteudo), Paulo Rinze (Gestor de Conteudo) e Luwi Ace (Designer Grafico).

5. Quais têm sido as tuas principais dificuldades? 

R/. As dificuldades mais frequentes são duas:
Diariamente, temos recebido vários email de artistas que pretendem divulgar o seu trabalho em nosso site, porem, nem todos os trabalhos cumprem os termos para a sua publicação. A nossa rejeição, tem causado um impacto negativo para alguns artistas, e isso tem se tornado uma das nossas maiores dificuldades.

E também pelo facto de não cobrar, acaba criando rivalidade com os blogs que cobram, porque maior parte dos artistas, optam em estrear os seus trabalhos em nosso site.

6. Como blogger, qual achas que deve ser a tua postura na Musica Nacional? 

R/. Priorização da mesma.

7. Qual é tua relação com outros Bloggers, principalmente de musica?

R/. Uma relação saudável, muitos deles tornaram-se amigos, de tanto me pedir sugestões e dicas (risos)

8. Qual a tua opinião critica com relação aos outros blogs?

R/. Alguns tem feito um excelente trabalho, e outros não, porem pelo facto de colocar o "spot" (intros) em musicas alheias, isso mostra a sua falta de profissionalismo.

Tenho, também, verificado outros a cobrar para um artista publicar o seu trabalho, e no mesmo espaço encontram-se musicas de artistas de renome, que eu tenho a certeza que os mesmos nem se quer sabem da existência do blog.

9. Se tivesses que fazer um top dos blogs, como séria e porquê?

R/. Escolheria somente os blogs que não colocam spot nas musicas, pelo seu conteúdo, sua organização e facilidade de navegação, e os blogs seriam: 
  • BuedeMusica.com, 
  • Fakaza.com, 
  • wadupnaija.com, 
  • mozentretenimento.co.mz, 
  • Angorussia.com.

10. Tens sido imparcial na partilha e divulgação de musicas ou tens os teus favoritos?

R/. Imparcialidade a 100%.

11. Sentes alguma gratidão por parte de muitos que tens apoiado? 

R/. Sim, sinto.

12. Já alguma vez cobraste por qualquer serviço do teu portal?

R/. Sim já, para a divulgação de publicidade;

13. De onde sai o dinheiro para sustento do teu portal?

R/. Nos últimos cinco anos, o site é sustentado pelos anúncios exibidos, mas nos primeiros anos, foi com fundo próprio.
  
14. Em moçambique é possível viver à base de ser blogueiro? Dê exemplos.

R/. Acredito que sim, porem isso requer total dedicação e esforço, é o caso de “tve24.com”, “clubofmozambique.com”, “Emprego.co.mz”, dentre muitos outros.

15. Se tivesses que mudar alguma coisa dentro da musica Moçambicana, o que seria?  

R/. Faria com que os artistas produzissem mais, e investissem mais no nosso estilo musical. É impossível fazer um concerto somente com musica actual moçambicana, uma vez que as mesmas não seriam suficientes para cobrir a noite toda. (Que fique bem claro, que não me refiro aos sucessos dos anos passados)

16. Enquanto blogger, qual foi o grande momento que gostarias de realçar?

R/. Quando descobri que o meu site faz parte dos 20 mais visitados em Moçambique.

17. As compilações “MELHORES” Mensais do Musica Fresca foram aplaudidas por muitos e reprovadas por outros. Qual a tua apreciação com relação a isso? 

R/. Quanto a isso, não estou muito preocupado, porque é impossível agradar à todos.

18. Quais os principais critérios que usas para a escolha dos melhores segundo o portal? Quem escolhe?

R/. Em primeiro lugar, a musica deve ser do mês em curso, e em segundo,  pelo numero de downloads efectuados. Os gestores de conteúdo é que são responsáveis pela selecção, se baseando com os dois factores acima citados.

19. Temos acompanhado o teu perfil nas redes sociais e raramente (ou nunca) emites opiniões sobre Emcees/Artistas/etc em jeito de gozo. Será que o o teu pensamento é de que isso de alguma forma descredibiliza o blogueiro?

R/. Não, simplesmente não faz parte do meu caracter, tecer comentários relacionados, a artistas ou figuras publicas.

20. O que achas que precisa mudar nos Emcees/Artistas nacionais?

R/. É necessário que comecem a se dedicar mais naquilo que fazem, e comecem a valorizar mais o carinho dos fãs. Há muita falta de humildade e respeito por parte dos nossos artistas, tanto para com os fãs, tanto para com nós os blogueiros.

21. Sabemos que tens na manga um grande e saudoso projecto: o MIMA (Mozambique Internet Music Awards). Como surge a ideia e quais os objectivos do mesmo?

R/. O projecto surge com a intenção de suprir a falta de existência de premiação aos artistas moçambicanos, e tem como objectivo a valorização da nossa musica.

22. Quando se prevê a realização da gala de premiação e onde? Quais os critérios usados para a nomeação das categorias?

R/. Infelizmente para este ano não foi possível realizar a gala, sendo que foi a sua primeira edição, nas estávamos preparados o suficiente para cobrir uma gala. Os critérios usados para a selecção nas categorias, foi pela popularidade que o artista/musica teve nos órgãos musicais nacionais.

23. Quem são as pessoas que gostarias de agradecer por alguma coisa que fazem ou têm feito por ti enquanto blogger?

R/. Momed Jussub, pelo suporte que me dá, no que concerne o funcionamento do site.

24. Quem quiser contratar os serviços do “GJ”, como deve proceder?

R/. Recomendo que use o correio electrónico ou redes sociais.

25. Uma Dica para os outros blogueiros e para os que desejam seguir esta área!

R/. A minha dica é básica, porém fundamental: Foco e determinação.


Curiosidades


1. Qual a parte mais chata por ser blogueiro?

R/. Quando o site fica fora do ar, não é fácil lidar com essa situação.

2. Se pudesses recomendar a um musico famoso em moçambique, a parar de cantar, quem seria?

R/. Interessante essa pergunta, mas prefiro não citar nomes.

3. Como a família olha o teu lado de blogueiro?

R/. Com orgulho, e tenho tido o total apoio deles.


Por: Isá Gildo/ Musika Nova


Share on Google Plus

About Musika Nova

Se me conheces com base no meu passado, permita-me que eu me apresente novamente!